Como realizar o cadastro do Minha Casa Minha Vida em São Paulo

    O Minha Casa Minha Vida é um programa habitacional que já ajudou milhares de famílias a realizarem o sonho da casa própria, através dele é possível financiar uma casa ou apartamento com prestações acessíveis e, em alguns casos, menores do que o aluguel. O subsídio do Minha Casa Minha Vida pode chegar a até 90% do valor do imóvel.

    Quanto menor a renda familiar declarada, maiores serão os subsídios e, consequentemente, menor será o valor da parcela. Há famílias que pagam apenas R$25,00 por mês pelo imóvel, isso só é possível graças ao subsídio do Governo Federal em parceria com os estados e municípios.

    COMO SE CADASTRAR PELA INTERNET

    A seguir indicaremos o procedimento para realizar o cadastro no Minha Casa Minha Vida pela internet, através do site da Cohab (Companhia de Habitação Popular) de São Paulo, tal cadastro é válido apenas para quem mora em São Paulo (preferencialmente na capital paulista).

    Importante: O Minha Casa Minha Vida possui cinco faixas: I, II, III, IV e V, quanto menor a renda maior é o subsídio e, consequentemente, menor será o valor da parcela. Antes de realizar a sua inscrição no site da Cohab é importante verificar se a sua renda familiar está dentro dos critérios do empreendimento, caso contrário o seu cadastro poderá ser anulado.

    O cadastro deve ser feito pelo site www.cohab.sp.gov.br, basta que o interessado selecione FAÇA SEU CADASTRO e preencha a demanda habitacional.

    Durante o cadastro será necessário informar dados socioeconômicos como:

    • Número de pessoas que moram na mesma casa
    • Renda familiar bruta
    • Benefícios sociais que recebe (se aplicável)
    • Endereço
    • Idade
    • Qualificação profissional e grau de escolaridade
    • Situação escolar dos filhos (se houver)

    Com base nessas informações a ferramenta incluirá o seu cadastro no grupo do Minha Casa, Minha Vida de acordo com a sua renda. Para quem ganha até 3 salários-mínimos é possível financiar um imóvel pela faixa I, cuja parcela do imóvel inicia-se em R$25,00, o restante é financiado pelo Governo Federal através de recursos do FAR (Fundo de Arrendamento Residencial).

    Após completar o seu cadastro é importante aguardar. Caso tenha um imóvel compatível com a sua renda para ser financiado nas faixas II e III você receberá um contato da Cohab. Caso a sua inscrição seja para a faixa I (baixa renda) é preciso que você seja sorteado para que tenha acesso a um financiamento do MCMV, pois nesta faixa mais de 90% do valor do imóvel é custeado pelo poder-público.