Cadastro Habitacional da COHAB vale para Minha Casa Minha Vida

    Caso esteja interessado (a) em adquirir um imóvel pelo programa Minha Casa, Minha Vida, saiba que o registro de interesse em imóvel popular pode ser feito via internet através do site da Companhia de Habitação Popular de São Paulo (Cohab-SP). A principal vantagem é que os imóveis possuem incentivo do governo e, por isso, possuem juros reduzidos, subsídios e prazo de até 360 meses para pagar. Em alguns casos a parcela de um imóvel financiado pelo MCMV pode sair menor do que o aluguel.

    mcmv-1e2

    O grande problema desse cadastro é que a demanda é muito alta. São milhares de famílias que estão há anos na fila aguardando serem sorteadas, sim, é necessário ser sorteado. Mas não custa tentar a sorte né?! Já que não há um ordenamento, a seleção é feita por sorteios de acordo com o grupo de prioridades (idosos, deficientes e pessoas em situação de risco, geralmente, possuem prioridade no atendimento).

    Para fazer o cadastro acesse o site e preencha a Ficha de Interesse Habitacional (FIH), dai é só aguardar ser sorteado. Lembre-se, no entanto, que não há garantia de atendimento.

    A ficha de demanda Habitacional deve ser atualizada periodicamente para que o cadastro na Cohab permaneça ativo. Se houver qualquer atualização cadastral – principalmente relacionada a renda – o beneficiário de atualizar pelo sistema.

    Financiamento sem sorteio – Dica! Se a sua renda familiar bruta é superior a R$2.350,00 você pode adquirir um imóvel do Minha Casa Minha Vida através de financiamento direto junto à Caixa Econômica Federal (CEF) ou Banco do Brasil (BB). Se preferir procure uma construtora como: MRV, ela é líder em financiamentos pelo programa habitacional em São Paulo.

    Os financiamentos diretos, no entanto, exigem entrada, análise de risco (análise de crédito), mas, mesmo assim, é possível conseguir subsídio, desconto nos juros e isenções no seguro do financiamento.

    Há limite de renda para participar do Minha Casa, Minha Vida, quem ganha mais de 10 salários-mínimos não é elegível. O financiamento também é proibido para as famílias que tiverem os seguintes impedimentos: já foram contemplamos por algum programa habitacional, já possuem um imóvel, possuem dívida com a União ou estão inscritas no CadMut/Cadin.