Como solicitar a versão digital do Título de Eleitor – e-Título

    e-Título é gratuito e pode ser baixado gratuitamente no Android e iPhone.

    Em São Paulo desde 2018 já é possível solicitar a versão digital do Título de Eleitor, o e-Título pode ser baixado em celulares e aplicativos com sistema operacional Android ou IOS (iPhone e iPad), ele substitui o documento físico, podendo ser utilizado inclusive como documento de identificação oficial com foto caso o eleitor já possua a versão com cadastro biométrico.

    e-Título
    e-Título é a versão digital do título de eleitor e já está disponível para todos os eleitores do Estado de São Paulo. (imagem: divulgação TRE-SP)

    Já é possível ter todos os documentos no celular. A CNH já é eletrônica, assim como o documento de veículos e até o Título de Eleitor. Neste artigo ensinaremos sucintamente como obter a versão digital do título de eleitor, o documento está disponível gratuitamente para todos os eleitores do Estado de São Paulo, desde que eles estejam em situação regular com a Justiça Eleitoral.

    COMO EMITIR O TÍTULO DE ELEITOR DIGITAL

    Para emitir o Título de Eleitor Digital basta baixar o aplicativo e-Título, daí é só completar o seu cadastro. Será necessário ter em mãos as seguintes informações:

    • Nome completo;
    • CPF;
    • Endereço de cadastro do título de eleitor;
    • Filiação (nome dos pais);

    Se todas as informações estiverem corretas, a verão digital do Título de Eleitor é liberada instantemente no seu celular.

    Considerações importantes:

    • O e-Título pode ser gerado por todos os eleitores, inclusive os que não possuem o cadastro biométrico;
    • A foto só aparece se o eleitor já tiver feito o cadastro biométrico;
    • O título de eleitor com foto serve como documento de identificação oficial;
    • No dia da eleição o e-Título substitui o título de eleitor físico. Caso a sua versão tenha foto você nem precisará apresentar documento de identificação oficial com foto, pois o e-Título já é considerado um documento oficial de identificação;

    Caso o título de eleitor não seja gerado por divergência cadastral será necessário que o eleitor compareça ao cartório eleitor mais próximo do endereço de residência para que seja efetuado uma atualização cadastral.

    Caso a sua situação esteja irregular o próprio aplicativo avisa para que o eleitor providencie a regularização da pendência junto ao TRE.